Como abrir uma padaria: descubra aqui!

Quer maneira melhor de começar o dia do que com um pão fresquinho? Com manteiga, mortadela, queijo e presunto ou até puro, o pão faz parte do dia a dia do brasileiro. Também por isso, abrir uma padaria pode ser uma excelente oportunidade de negócio, mas o sucesso exige uma boa dose de planejamento e dedicação em todas as suas etapas. Continue a leitura e saiba como abrir uma padaria de sucesso.

Segundo o Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amipão), o setor de padarias cresceu 6% no estado em 2019.

Para Vinicius Dantas, presidente do sindicato, o crescimento foi desacelerado pela crise financeira que há dez anos atinge o país. Contudo, os constantes investimentos em inovação e melhorias colaboraram para que o mercado se mantivesse em alta.

As padarias configuram-se como um empreendimento altamente lucrativo, quando bem administrado. Isso porque, além do clássico pão francês, há oportunidades para a venda de lanches, sucos, bolos, bebidas alcóolicas e até refeições, que fazem sucesso em lugares de grande fluxo comercial.

No entanto, para obter o sucesso esperado é essencial contar com um planejamento eficiente, inteligência competitiva, qualidade e produtividade. Assim, se você está pensando em como abrir uma padaria, confira as dicas a seguir.

Como abrir uma padaria de sucesso

Como você já sabe, abrir uma padaria pode ser uma excelente oportunidade de negócio. Por outro lado, caso você não encontre um bom ponto comercial e comece a produzir sem uma boa estratégia, pode ter uma série de problemas no futuro.

Sendo assim, que tal conferir alguns passos que não podem faltar para quem quer saber como abrir uma padaria?!

  1. Localização

Tão importante quanto oferecer um pãozinho de qualidade é fazer isso em um bom ponto comercial. Afinal, você não quer abrir uma padaria em um belo ponto comercial praticamente sem vizinhos, não é mesmo?

Ao procurar pelo local perfeito para a sua padaria, é importante observar a região, população local, bem como seus hábitos de consumo. Certifique-se, ainda, de que o lugar esteja em um ponto de grande circulação de pessoas, facilitando a visualização do estabelecimento e dos produtos.

  1. Público

Assim que você analisar os possíveis locais para abrir uma padaria, notará que os públicos de cada região também mudam.

Em um bairro exclusivamente residencial, por exemplo, o atendimento será majoritariamente a famílias, com o pico de vendas pela manhã e à tarde. Já em regiões centrais, próximos a empresas e comércios, as vendas podem ocorrer a qualquer hora do dia. Neste caso, incluir no cardápio lanches e refeições completas, como pratos feitos e executivos pode ser uma grande oportunidade.

Pensar nisso de maneira concomitante ao decidir como abrir uma padaria te ajudará a otimizar os investimentos, planejar melhor o espaço e agregar diferencial ao estabelecimento.

  1. Burocracia

Uma vez definido o local, é hora de partir para a parte fiscal e administrativa do empreendimento. Para garantir a conformidade legal do negócio e evitar dores de cabeça, é fundamental seguir à risca todas as exigências do seu município para a abertura de uma padaria.

Dentre elas, é indispensável que você faça o registro do estabelecimento na junta comercial local. Assim que fizer a abertura do CNPJ na Receita Federal, deverá iniciar o processo de obtenção dos alvarás de funcionamento da prefeitura e do corpo de bombeiros, além do alvará de licença sanitária. Para maiores informações, não deixe de procurar a prefeitura da sua cidade ou um contador.

  1. Equipamentos

Nenhuma padaria funciona sem bons equipamentos e por isso é fundamental escolhê-los de maneira cuidadosa e planejada.

A lista de móveis, equipamentos e utensílios necessária ao abrir uma padaria é extensa e pode variar de acordo com a necessidade de cada estabelecimento. No entanto, existem alguns equipamentos para padarias que são indispensáveis, como:

  1. Funcionários

Depois de a padaria estar devidamente equipada, é chegada a hora de contratar os profissionais que farão o negócio funcionar. A quantidade de colaboradores pode variar de acordo com o porte do empreendimento e é essencial que estes sejam qualificados e aptos a atender e produzir com qualidade.

  1. Produtos

É claro que nenhum dos passos anteriores surtiria efeito sem que a padaria oferecesse produtos apetitosos e de qualidade. Além do pão tradicional do dia a  dia, lembre-se de oferecer opções adicionais, como pães de queijo, doces, sanduíches, vitaminas e o clássico café com leite.

Ademais, é crucial fazer uma boa escolha dos fornecedores, já que isso afeta significativamente o resultado da produção. Desde a farinha dos pães até o fornecedor de refrigerantes, esteja certo de que eles te entregarão insumos no prazo, quantidade e qualidade esperadas.

  1. Ambiente

Muitas pessoas não vão à padaria apenas para comprar pão. Elas vão porque gostam do ambiente e o consideram uma boa opção para realizar suas refeições principais ou intermediárias fora de casa.

Para que isso que isso aconteça, é importante zelar por um ambiente limpo e organizado, com atendimento ágil e cordial. Certifique-se de que seus produtos estão expostos de maneira atraente e de fácil visualização, de modo que a vitrine se torne mais um atrativo para a venda.

Conclusão

Agora que você já sabe como montar uma padaria, que tal começar a colocar as dicas em prática? Pesquisando bem o local e o público-alvo, otimizando a produção e melhorando o ambiente, oferecendo atendimento de excelência e trabalhando com equipamentos para padarias de qualidade você, certamente, estará muito mais próximo do sucesso.

Precisa de máquinas e equipamentos para a sua padaria? Acesse já a loja virtual da Varejão das Máquinas e compre com quem é referência no assunto. Ao comprar online o empreendedor conta com muito mais comodidade e segurança, recebendo os equipamentos diretamente no endereço informado, além de preços muito mais competitivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA